Jogaço!

brasilitalia

Itália e Japão fizeram de longe o melhor jogo da Copa das Confederações na Arena Pernambuco e se tivesse que sair um vencedor, esse não seria a seleção italiana.

Digo isso pois a Itália estava pregada em campo e o Japão dominou grande parte da partida com a torcida gritando olé e quando estava 3 a 3, os japoneses acertaram duas vezes a trave de Buffon!

Mas como quem não faz toma, no final deu Itália no contra-ataque por 4 a 3 num jogo que foi uma verdadeira montanha-russa de emoções!

O jogo mostrou que o Japão tinha qualidade sim, não mostrada contra o Brasil…

Com o resultado Brasil e Itália estão classificados para a semifinal, já que o Brasil venceu o México por 2 a 0 antes em tarde de Neymar que voltou a mostrar grande futebol!

O Brasil vem evoluindo aos poucos e vai ganhando confiança. Agora joga por um empate contra a Itália pra ser primeira do grupo e escapar da Espanha na semifinal que com certeza será primeira no outro grupo.

Japão e México cumprem tabela apenas.

Anúncios

Sobre eduardobottini

amante do bom futebol
Esse post foi publicado em Copa das Confederações 2013 e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Jogaço!

  1. O entrevistado desta semana da Coluna Esportes é o atacante Dinei, do Vitória. O centroavante conta como foi o início de sua carreira e fala das expectativas para o Brasileirão: “Estamos com um elenco bom e todos estão unidos. Vamos trabalhar para continuar nesse ritmo e brigar pelo título e vaga na Libertadores”, projetou. Autor de quatro gols no massacre de 7 a 3 em cima do Bahia no Estadual, o camisa 9 não vê a hora de reencontrar o rival. No entanto, ele prega cautela no duelo marcado para o dia 21 de julho pelo Campeonato Brasileiro: “Se eu fizer um gol e ganhar o jogo, já estarei bem satisfeito. Ba-Vi é sempre difícil, mas a nossa equipe está focada em fazer um bom Brasileiro. Temos um mês para treinar e assim continuar com esse bom desempenho”, pontuou.

  2. Jame Hodges disse:

    Um dia de péssimas lembranças para a seleção brasileira na Copa das Confederações. Assim como nesta quarta-feira, o Brasil também enfrentou o México em um 19 de junho, pela segunda rodada da edição de 2005. E perdeu: 1 a 0. Quatro anos antes, outra derrota por 1 a 0, para a seleção de Camarões, de um certo Samuel Eto’o.2003, na França – Turquia 2 x 1 Estados Unidos e Brasil 0 x 1 Camarões, na abertura do grupo B. Com um gol aos 38 minutos do segundo tempo, um ainda jovem e relativamente desconhecido Samuel Eto’o, de 22 anos, então jogador do Mallorca (no ano seguinte, já estaria no Barcelona), decretou a derrota da seleção dirigida por Carlos Alberto Parreira, no mesmo Stade de France da final da Copa de 1998. O Brasil iria terminar em terceiro no grupo, fora das semifinais.2005, na Alemanha – Grécia 0 x 1 Japão e México 1 x 0 Brasil, pela segunda rodada do grupo B. Um gol de Jared Borgetti, maior artilheiro da história da seleção mexicana, derrubou a equipe de Carlos Alberto Parreira em Hanover. O Brasil terminaria campeão, mas não invicto.

  3. silver price disse:

    Trinta e cinco minutos perfeitos que renderam os gols de Honda, no pênalti mais que duvidoso de Buffon em Okazaki, e Kagawa, em bela virada após jogada bem trabalhada. Prandelli trocou Aquilani, perdido como meia-atacante aberto no 4-3-2-1, por Giovinco para dar profundidade às ações ofensivas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s